sábado, dezembro 25, 2010

"O Diário da Minha Angústia"

Estou querendo começar a escrever um diário, desses antigos de segredos, que ninguém mais pode ler. Pois tem dias (e coisas...) que precisaria falar/escrever, mas não tenho ninguém com quem possa falar de certas coisas por enquanto. Por outro lado, escrever esse diário não mudaria nada, enfim ninguém comentaria os meus textos, não teria ajuda nenhuma dos outros... Estão vendo como estou dependente de vocês? :)
Só posso lhes dizer que apesar de escrever muitas (demasiadas) coisas pessoais neste blog, nem toda a minha angústia chega a ser publicada aqui. Enfim, também quero falar das coisas boas, pois acho feio reclamar tanto. (É um tema sobre qual vou escrever mais um dia destes, porém de um ponto de vista algo diferente!)


(O nosso natal está correndo bem, estou adorando... então não pensem que escrevi isto porque estou/estamos com alguns problemas sérios ;)
)


3 comentários:

Sandra Hellen disse...

Acho que vale muito a pena escrever um "diário de angústias" mesmo que ninguém vá lêr..ou pior, mesmo que alguém um dia leia!
Tenho um diário há 4 anos, e ele tem me ajudado muito a entender coisas muito simples, mas que só consegui entender depois de reler o que escrevi...escrever é terapêutico!!

Então...acho que vale a pena sim!! É uma forma de você refletir sobre você mesma e depois de 1 ano avaliar seus própios sentimos, angústias, anseios e medos.

:-))

Teea disse...

Obrigada pela ajuda, Sandra, vou ter que fazer isso mesmo :)

beijos

Lu disse...

vc é livre pra falar e expor o que quizer, eu por muitas vezes sinto o mesmo, e não tenho com quem dividir isso, é dificil fazer com que os outros entendam o que se passa com a gente, coisas que às vezes nem são tão complicadas mas que na verdade não depende apenas de nós para que se resolvam daí se torna complicado..