quinta-feira, novembro 12, 2009

Tô aqui...

...apesar de demorar a escrever qualquer coisa.

Como devem saber ou pelo menos adivinhar, as minhas mini-férias "em casa" foram uma maravilha. Adorei cada minuto, quase não fiquei chateada com as pessoas/coisas/comigo mesma (o que costuma acontecer comigo). Até me surpreendi por ter conseguido curtir tanto depois de muito estresse no trabalho. Foi bom sentir-me em casa, passear pela cidade, sonhar, sorrir, fazer compras, reencontrar amigos e conhecidos, tomar umas/todas no Bairro, falar português, ouvir português, ouvir música latina no meu bar, comer pastéis de Belém no Belém mesmo, sentir o cheiro das castanhas assadas "quentes e boas", almoçar no Chapitô, tomar vinho, tomar caipirinhas e aí já me repito, rsrs. Não é nenhum segredo que queria ter ficado, para construir a minha vida novamente, para começar as novas rotinas, para conhecer melhor o "dia-a-dia" de Lisboa.... ai ai, como esta ideia não sai da minha pequena cabeça! Um sonho meu. Um sonho lindo, mas ainda distante.

E a volta à minha realidade:

Esta semana foi mais uma confusão: cheguei na segunda-feira de manhã e fui logo trabalhar, quase sem dormir. Mas aquele dia correu até bem, ou digamos "mais ou menos". O próximo dia já foi pior, estava me sentindo um pouco doente (e ainda tive que ir assistir um jogo de hoquei no gelo com os colegas de trabalho), mas ainda bem que não piorou, acho que já estou bem. O cansaço e alguma dor de cabeça ainda ficam. E o frio; aqui nevou de novo (já tinha nevado aquela noite que eu tinha partido para Lisboa) e o vento frio bate na cara, isso dóóooi!
Além disso, é óbvio que o trabalho não tem fim, mas estes dias nem foram os piores que já tive.

Então as boas lembranças é que ficam: aqui tem umas fotos do domingo que passei no Belém com os meus queridíssimos amigos Solange e Deivid (na foto):

Exposição sobre Amália no Museu da Eletricidade...


Já ao anoitecer...

Então é só isso por hoje - quer dizer, é só saudade!

Beijinhos, e bom fim de semana (já tá quase...)!