domingo, setembro 02, 2007

Festa da avó

Olá amigos,

Hoje de manhã peguei trem para Hämeenlinna (uma cidade que fica a uns 100 km de Helsinque), de onde fomos
a Petäys com as minhas primas de segundo grau (Outi e Anna) e com a minha madrinha Sini para comemorar o aniversário da minha vó. Não sou muito ligada a família e por isso esta festa causou mais stress do que entusiasmo. Não é que não queria ter dado parabéns à minha vó, mas na "família" tem muita gente (tipo primos do meu pai) que não conheço bem ou nem sei nome deles. Além disso as festas dessa família são secas... Por isso fiquei a maioria do tempo com as mesmas pessoas com quem lá fui (sim, sou muito antisocial!), mas também tive a honra de sentar ao lado dos avós. Enfim, sou a neta única.

Meus avós estão bem, ele com 82 anos e ela com 80. Muita gente me falou hoje que o vô continua igual de sempre! Parece que não envelheceu nada... Apesar de não ter tanto contato com eles como devia, admiro muito eles. Eu era sempre mais filha do vô (como era filha do pai também) e ele continua muito especial para mim, é uma pessoa modesta, satisfeito com a vida simples e saudável que vive (até hoje é um esportista...). Esse casal, se deus quiser, vai completar 60 anos de casados ano que vem. Incrível, né?

Então aqui vêm algumas fotos - posso falar que são bem únicas, poucas vezes postarei iguais.

1) Primeiro quero apresentar esta menina jovem chamada Vieno (a minha vó)



2) Aqui somos a vó, eu e Outi


3) Meu vô e eu


4) Meu pai, eu, Outi e Topi. Topi é meu padrinho, primo do meu pai, pai da Outi :) Com esta galera costumávamos ir assistir jogos de hóquei, mas ano passado não deu para nos juntar, talvez este ano?


Bom, agora conhecem parte da minha família. Este final de semana passou rápido, amanhã já é preciso voltar ao trabalho, espero não ficar com ressaca moral de novo... pois estou um pouco nervosa.

Boa semana para todos!

4 comentários:

Megazon_BR disse...

LEGAL!!!

Como é bom curtir os avós!!!

Sandra Kautto disse...

Reuniões em família são sempre meio "estressantes"... gente demais e como você diz, pessoas que a gente quase nunca vê...
mas tem o lado bom... curtir os avós, os pais, as tias queridas...
:-)
Uma semana ILUMINADA pra vc!

Lu disse...

Que delícia, Teea. Por mais estressante que seja, é bom ver a família de vez em quando.

Vovó e vovô inteiraços, hein?

Bjs
Lu

Caroline Rodarte disse...

Pode ter sido estressante e às vezes se comportar de forma um pouco antisocial, o que importa é que você viu seus avós.
É sempre bom rever a nossa família, pelo menos eu a-do-ro.
Eu tenho uma família muito grande (minha mãe tem 3 irmãos e 9 irmãs), que se reúne raramente, mas quando isso acontece é sempre uma expectativa para conhecer os novos primos e primas, rever tias, tios e primos(as) queridos. Eu gosto muito desses encontros!
beijos para você e para sua família. ;)